segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Capitulo 23- Gostosa?

Caros leitores, gostava de agradecer pelos comentários que me têm deixado. É sempre bom saber que gostam da minha fic. E também agradeço àqueles que apesar de não comentarei não deixam de ler.
Peço desculpa por andar desaparecida, mas a escola ocupa-me maior do tempo, mas sempre que for possível tentarei postar novos capítulos.

Bjinhos


“Amar é mais que fazer amor. Fazer amor é uma consequência da capacidade de amar”
Geraldo Mell

Ruben: Ela fugiu mas tu não escapas. Vá, começa a falar.
Gustavo: Txi olha só o sorriso do cara, tá ficando apanhadinho.
David: Não me enche o saco. Pronto eu até vou ser bonzinho e pra vocês não me chatearam mais ficam sabendo que nós tamos namorando e já chega…Tou indo tomar um duche também… (dizia enquanto se encaminhava para as escadas) ah é verdade, agente deve demorar…
Ruben: Uiii…
David: Tá calado seu babaca…
Entretanto Lara já tinha tomado banho mas a roupa que queria estava no seu quarto. Ela arrisca, e vai até ao seu quarto, agora o “quarto do David”, apenas enrolada numa toalha. Até agora nem sinal dele. David repara que a porta do quarto estava apenas encostada e começa a caminhar silenciosamente. Ao deparar-se com Lara a remexer nas gavetas do móvel, ele encaminhasse até ela, pé ante pé, quando chega perto dela, abraça-a por trás e encosta a sua boca ao pescoço dela…
David: Nossa que visão mais gostosa (dizia animado)
Lara (ela vira-se para ele, beija-o apaixonada, deixando ambos sem folgo): David eu tenho que me vestir…
David: Isso é sacanagem, primeiro me beija desse jeito e depois quer se vestir… cê fica tão bonitinha assim…
Lara: Ai é, ta bem, então e que tal ir assim para a rua, parece-te bem!? (consegue sair dos seus braços e dizia de modo a provoca-lo)
David: Não, desse jeito ficaria sem namorada e você assim é só pra mim…
Lara: Não te sabia tão ciumento menino David…
David: Com você tenho que ter cuidado, todo o mundo vai querer ter uma namorada assim tão gostosa… (olhava para ela, decorando cada centímetro do seu corpo, o seu olhar mostrava um desejo inevitável que sentia por ela)
Lara: Gostosa?
David: Hum, hum… (dizia a rir)
Ela dirige-se a ele, ficando os corpos completamente colados um ao outro, os seus lábios atraiam-se mutuamente, quanto mais se beijavam mais desejo sentiam um pelo outro… Nenhum dos dois queria acabar aquele momento, a temperatura começou a subir, as suas expressões corporais mostravam a infindável paixão…
David pega em Lara e põe-na em cima da cómoda do quarto, acabando por fazer cair umas quantas coisas no chão, que fez um estrondo audível no andar de baixo, que fez suscitar a curiosidade e preocupação de alguns dos seus amigos…
Gustavo (gritava do andar de baixo): Oi esta tudo bem com vocês?
David (separando os seus lábios dos de Lara): Ta tudo bem sim (enquanto dizia isto, com uma cara de constrangimento, Lara ria que nem uma perdida)
Gustavo: Ta bom, olha nós estamos indo até a praia, o almoço está na cozinha, até logo…
David: Até logo (Lara continuava a rir)
Quando ouviram a porta da rua bater, sabiam que agora estavam a sós e não haveria o problema de serem interrompidos pelos amigos…
David: Você é uma safada fica zoando de mim
Lara: Desculpa mas a tua carinha foi tão linda, não consegui conter…
David: Ai é? Não conseguiu? (enquanto dizia isto, aproximava-se mais e mais de Lara e ela dizia que não com a cabeça)
Agora, não havia por onde fugir, entregaram-se aquele desejo, entre beijos e carícias, David pegou em Lara e levou em direcção a cama, sem nunca separarem os seus lábios… As suas mãos percorriam o corpo um do outro, fazendo uma descoberta mutua, que seria partilhada de ali em diante…
Num ápice ele tirou a única coisa que cobria o corpo de Lara e que há tanto ele lhe queria tirar, ficando ela completamente nua, perante o olhar atento de David, que percorria o seu corpo com beijos… Provocando-lhe um prazer intenso que despertou gemidos de prazer, com a ajuda dele ela tira-lhe a roupa, ela inverte as posições ficando ela por cima, beijando-lhe e acariciando-lhe cada parte do seu corpo e agora ele precisava de a ter…
Invertem novamente as posições, ela abre as suas pernas, como dando permissão para ele entrar, acabam os dois por atingir o auge do prazer ao mesmo tempo, gemendo os dois numa sinfonia perfeita ao ritmo a que os seus corpos se moviam… Acabaram por se entregar ao cansaço, ficando abraçados…
Lara: Eu amo-te (dizia deitada sobre o peito de David)
David: Te amo
Permaneceram ali durante algum tempo desfrutando apenas da companhia um do outro, quando estavam juntos não precisavam de falar para se entenderem na perfeição, pois havia algo que os ligava, o amor que sentiam um pelo outro…
Lara: David temos que nos levantar e comer qualquer coisa (dizia olhando para ele)
David: Tem mesmo que ser gata!? Estamos aqui tão bem
Lara: Tem mesmo que ser sim, daqui a bocado os outros estão ai… Para além de que já ouvi o estômago de alguém roncar por falta de comidinha… (dizia a rir)
David (enquanto Lara se tentava levantar-se enrolada num lençol, ele puxa para ele novamente): Não vai não fica aqui juntinho a mim…
Lara: Não te sabia tão preguiçoso menino David, toca a levantar… Eu também adorava ficar aqui assim para sempre, mas como não é possível, temos que ir…
David: Tudo bem, eu vou, mas você vem tomar primeiro um banho comigo (dizia beijando-a)
Lara: Fazer o quê se não consigo resistir a esses teus olhos lindos…
Durante o resto daquela tarde de verão, aproveitaram para namorar e desfrutar dos pequenos prazeres da vida, sempre rodeados por muitas brincadeiras, conhecimentos e um sentimento incomparável…
Enquanto eles estavam perdidos num clima de romance, chegam os outros dois parezinhos de namorados vindos da praia…
Lara: Olá pessoal, então como estava a praia?
Catarina: Bandeira Vermelha, nem nos aproximamos da água, ficamos só a apanhar um solzinho!
Lara: Amanhã já deve estar melhor… Olha os meninos vão todos tomar banhinho, que daqui a pouco o jantar esta pronto e depois vamos sair…
Ruben: É seguro deixar o jantar nas vossas mãos?
Lara: Claro que é, ainda não conheces os meus dotes para a culinária, vais comer e chorar por mais! (dizia a brincar)
Ruben: Quero ver isso… E vamos aonde?
Lara: Sempre tão curioso! Nunca ouviste dizer que a curiosidade matou o gato… (dizia a brincar com Ruben, conheciam-se a pouco tempo mas andavam sempre naquelas picardias)  

7 comentários:

  1. Opá!!! Adorei....

    Quero mais...

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Adorei, está muito bom :)
    Quero mais...

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. excelente...

    quero mais...

    continua...

    ResponderEliminar
  4. Meninos façam pouco barulho... :-D

    Adorei o capitulo,
    Continua

    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Ai meu deus!!

    Quero outro capitulo!

    Beijos e bom 2011!!!

    ResponderEliminar